Como fui morar fora do Brasil (e não voltei mais)

Muita gente quer morar no exterior, mas esse nunca foi meu sonho, aqui tento explicar como isso aconteceu comigo, e como isso se tornou algo tão importante pra mim que não consigo mais me ver voltando pra morar no Brasil.

Em 2011 eu tinha um emprego normal, trabalhava pra uma grande empresa como compradora senior de equipamentos importados. A maior parte dos fornecedores com quem eu tratava eram Coreanos. Um belo dia meu chefe resolveu me mandar pra lá Coreia pra tratar diretamente com esses fornecedores. Eu era casada (final de um casamento falido) e aquela viagem de 2 meses não poderia ter vindo em melhor hora.

Foi assustador ir pra Coreia sozinha, sem falar a lingua do país e ainda por cima lidar com toda aquela comida e costumes tão diferentes dos nossos. Foram 2 meses bem tímidos, só trabalhando muito e passeando nos finais de semana pra conhecer os lugares e tirar fotos. No final dos 2 meses voltei pro Brasil e com 2 dias da minha chegada, pedi o divórcio!

Meu chefe na época, que não era bobo nem nada, aproveitou que eu estava mais livre que nunca e me mandou pra Coreia de novo. Dessa vez por 4 meses, os 4 meses que mudaram minha vida! Dessa vez eu resolvi que ia aproveitar mais meu tempo lá e procurei por grupos online pra ir conhecer pessoas, conheci um grupo maravilhoso de brasileiros, e também de estrangeiros (não coreanos) professores de ingles e me apaixonei. Me apaixonei por descobrir coisas novas sobre diferentes culturas a cada dia, por ter amigos de diversos países e por ver como a vida poderia ser diferente. Depois disso eu não quis mais voltar.

 

Eu trabalhava de dia e de noite por causa do fuso horário do Brasil, mas aproveitava cada minuto que eu tinha livre. Trocava experiências com esses amigos novos, explorava lugares novos, ia pra jantares nas casas das outras pessoas e para os tantos festivais que aquela cidade tinha. Foi muito bom. Além de estar descobrindo uma vida no exterior, eu estava também descobrindo quem eu era, uma vida solteira depois de tanto tempo em um relacionamento que não deu certo.

No final dos 4 meses voltei pro Brasil e quando percebi que minha empresa não ia me mandar mais pra a Ásia, comecei a me organizar. Usei todos os meus contatos que tinha na Coreia e comecei a pedir emprego. Um deles pareceu estar bem inclinado a me empregar, e isso foi o soficiente pra eu pedir demissão, arrumar 2 malas de 32kg e me mudar de vez pra Coreia. Não foi fácil explicar pra família e conseguir o apoio deles.

Depois disso é só estória. Meu contato realmente me conseguiu um emprego, e foi uma novela pra aprovar o visto (vistos, isso é conversa pra outro post), então fiquei muito tempo de molho esperando. Finalmente depois de 8 meses comecei a trabalhar na Coreia, em uma empresa Coreana que tinha clientes brasileiros, eu falava português e ingles no escritório. Foi sem dúvida uma época de descobertas.

Eu tracei meu caminho no exterior, depois da Coréia fui viajar, passei uns 6 meses mochilando pela Ásia até que descobri Singapura. Cheguei lá de mochila nas costas e consegui um emprego em uma multinacional gigante (conseguir empregos é de outro post: aqui), e depois de Singapura ainda vim parar na Austrália, onde estou até hoje!

 

Continua aqui….

One thought on “Como fui morar fora do Brasil (e não voltei mais)

Comments are closed.